Mau tempo

Fajãzinha deve ter luz e água ainda hoje

Fajãzinha deve ter luz e água ainda hoje

 

Lusa/AO online   Regional   7 de Dez de 2010, 09:35

O abastecimento de energia eléctrica e água à freguesia da Fajãzinha, na ilha das Flores, Açores, isolada desde sexta-feira após deslizamentos de terra, deverá ser reposto esta terça-feira, disse o secretário regional do Ambiente, Álamo Meneses.
“Já se circula pelo novo acesso e hoje vão decorrer os trabalhos de limpeza e de reposição de energia eléctrica e água à freguesia”, afirmou Álamo Meneses, que se encontra nas Flores a coordenar a equipa técnica que está a tentar repor a normalidade na freguesia da Fajãzinha.

O secretário regional revelou que os trabalhos de geologia já realizados permitiram concluir que "existem duas zonas de instabilidade, uma na Fajãzinha e outra na estrada que liga a costa ao Lagedo".

Apesar disso, Álamo Menezes salientou que "a grande maioria das habitações não apresentam risco", que apenas existe em algumas casas "junto à antiga estrada de acesso, onde ocorreram os deslizamentos".

Por essa razão, admitiu que essa situação "poderá implicar o realojamento de algumas famílias", acrescentando que os geólogos vão "fazer hoje um levantamento mais pormenorizado e vistorias às habitações".

Álamo Menezes considerou ainda que "dentro de dias, a freguesia pode voltar à normalidade, caso seja possível desviar o curso de água do centro da freguesia".

O mau tempo que se fez sentir no arquipélago dos Açores originou na sexta-feira derrocadas que obstruíram a via de acesso à Fajãzinha, deixando a freguesia isolada, sem água e luz, tendo ainda danificado algumas moradias, pelo que a maior parte dos cerca de 80 moradores da localidade foram transferidos para o aldeamento turístico da Coada, onde estão desde essa altura.

No aldeamento turístico estão entre 50 a 60 pessoas, enquanto as restantes encontram-se em casas de familiares.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.