Eleições

Evo Morales recandidata-se às presidenciais na Bolívia


 

Lusa / AO online   Internacional   4 de Dez de 2009, 10:17

O presidente da Bolívia, Evo Morales, um dos símbolos da esquerda radical da América Latina que granjeou no actual mandato a imagem de líder da causa ameríndia, concorre no domingo a um segundo mandato de cinco anos.
Com 50 anos, Morales, o primeiro presidente ameríndio (etnia aymara) da Bolívia, é dado como grande favorito na primeira volta das presidenciais que decorrem em simultâneo com as legislativas e 18 referendos.

Segundo duas sondagens, Morales deverá obter entre 52 a 54 por cento dos votos, o que significa um avanço de 30 pontos sobre o seu maior rival da direita.

A campanha eleitoral, que termina hoje, foi excepcionalmente calma - ressalvando alguns raros conflitos -, quando comparada com a agitação de 2008, altura em que as forças autonomistas nas regiões prósperas do Estado e a violência política fizeram temer uma guerra civil.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.