Câmbios

Euro sobe face ao dólar depois de Obama reconhecer lentidão na recuperação da economia


 

Lusa/AO online   Economia   10 de Set de 2010, 18:46

O euro segue esta sexta-feira a ganhar valor face ao dólar, depois de o presidente dos Estados Unidos ter reconhecido a lentidão da retoma, apesar de ter dito que a economia dos Estados Unidos está a apresentar melhorias.
Pelas 17:13, o euro valia 1,2729 dólares, acima dos 1,2713 dólares a que negociava na quinta-feira, sensivelmente à mesma hora.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse hoje que a economia está a melhorar da mais profunda recessão em décadas, mas reconheceu os progressos “têm sido dolorosamente lentos".

Esta semana, a moeda europeia esteve pressionada pelas renovadas preocupações dos investidores quanto ao sistema financeiro europeu, depois de o Wall Street Journal ter colocado dúvidas quanto à fragilidade dos testes de resistência à banca europeia, devido à não inclusão da análise à exposição total dos bancos à dívida soberana.

Para além disso, também surgiram rumores quanto à possibilidade de o Deutsche Bank, um dos maiores bancos da Europa, estar a preparar um aumento de capital.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.