Entrada em funções de novo avião cargueiro nos Açores adiada até pelo menos agosto

Entrada em funções de novo avião cargueiro nos Açores adiada até pelo menos agosto

 

Lusa/AO Online   Regional   2 de Jul de 2018, 11:57

A entrada em funcionamento nos Açores de um novo avião cargueiro, responsabilidade do consórcio Madeira Air Integrated Solutions (MAIS), foi adiada até pelo menos agosto, revelou a entidade.


"O consórcio MAIS acaba de anunciar que a data de 3 de julho, inicialmente referida para o início da operação de carga aérea entre o continente e os Açores, foi adiada em, pelo menos 30 dias, por não ter sido possível, até hoje, encontrar uma solução para os vários constrangimentos operacionais e económicos levantados pelo agente de 'handling' do aeroporto de Ponta Delgada", diz nota da empresa.

O consórcio "tem manifestado o interesse em replicar a atual operação regular que opera para a Madeira, de um voo cargueiro, para o aeroporto de Ponta Delgada", sublinhando que tal representará uma mais-valia para a economia regional e advogando "que o envolvimento de várias instituições regionais, interessadas no arranque da operação, é um forte contributo para a sua concretização a curto prazo".

Constituído entre a companhia aérea espanhola Swiftair, a ALS e a empresa logística Madeirense Loginsular, o consórcio iniciou no ano passado os voos cargueiros para a Madeira e quer agora replicar em parte esse modelo para os Açores.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.