Seguros

Empresas deixam de ter limites à cobertura dos seguros às exportações


 

Lusa/AO online   Economia   24 de Mar de 2010, 18:23

O Governo acedeu aos repetidos apelos das grandes empresas e pôs esta quarta-feira um ponto final à imposição de um limite às exportações para os países da OCDE na cobertura dos seguros de crédito.
"Fizemos uma adenda à OCDE II [linha de apoio ao crédito comercial com garantia do Estado] que a até agora impunha um 'plafond' máximo para cada exportador português e que limitava a expansão das exportações", anunciou o presidente do Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e ao Investimento (IAPMEI).

Em declarações à Lusa, Luís Filipe Costa acrescentou que, a partir de hoje, depois da assinatura do acordo do Estado com as seguradoras, "as empresas podem cobrir todas as exportações não tendo qualquer 'plafond'".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.