Empresas açorianas voltam a ser galardoadas com o estatuto PME Excelência

Empresas açorianas voltam a ser galardoadas com o estatuto PME Excelência

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   2 de Mai de 2019, 14:06

O diretor Regional de Apoio ao Investimento e à Competitividade disse esta quinta-feira que os Açores “voltam a estar muito bem representados” na lista de empresas PME Líder e PME Excelência.

Ricardo Medeiros falava durante uma visita à empresa Líder Fruta, beneficiária do Competir+ e uma das empresas açorianas que consta da lista PME Excelência recentemente divulgada, estatuto atribuído pelo IAPMEI e pelo Turismo de Portugal, em parceria com 10 bancos com balcões em Portugal.


De acordo com nota do executivo, as empresas consideradas PME Excelência são escolhidas entre as que são consideradas PME Líder e poderão beneficiar de uma relação mais privilegiada com os bancos, uma vez que este galardão poderá permitir ou facilitar a obtenção de melhores condições de financiamento, para além da notoriedade que resulta diretamente da sua obtenção.


Ricardo Medeiros referiu que, num universo de 147 empresas açorianas consideradas PME Líder em 2018, 31 foram agora consideradas PME Excelência, nas áreas do comércio, turismo, construção e indústria.


Este número, segundo o diretor regional, “é sinal de que as empresas açorianas estão a evoluir positivamente face aos recentes anos de dificuldades económicas”, referiu citado na mesma nota, acrescentando ainda que “a evolução de mais 61% do número de empresas com este galardão desde 2013, é sinal que o tecido empresarial dos Açores está em crescimento consolidado e mais robusto, potenciando o desenvolvimento da economia”.


O número de empresas açorianas com este estatuto em 2018 foi de 147, enquanto em 2013 este número foi de apenas 131, o que permite concluir, segundo o diretor regional, que “existem muitas empresas dos Açores que estão no bom caminho, tendo sido distinguidas pelo seu mérito e pelo seu bom desempenho em termos de ratings e de indicadores económicos”.


Por outro lado, das 31 empresas consideradas PME Excelência, 19 concorreram nos últimos anos aos sistemas de incentivos, o que demonstra a importância que estas empresas conferem às medidas postas em prática pelo Governo Regional para potenciar a atividade e o desenvolvimento da economia.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.