Emmerson Mnangagwa investido oficialmente como Presidente do Zimbabué


 

Lusa/Ao online   Internacional   26 de Ago de 2018, 19:25

O presidente do Zimbabué, Emmerson Mnangawa, tomou este domingo oficialmente posse, após várias semanas de controvérsia sobre as condições da eleição, considerada fraudulenta pela oposição.

“Eu, Emerson Dambudzo Mnangagwa, juro enquanto Presidente da República do Zimbabué, que serei fiel ao Zimbabué e defenderei a Constituição do Zimbabué”, declarou Mnangagwa perante milhares de pessoas e de numerosos chefes de Estado africanos, reunidos num estádio de Harare.

A investidura de Mnangagwa assinala o fim de um período pós-eleitoral marcado pela violência, que provocou a morte de seis manifestantes.

As expectativas para as eleições presidenciais de 30 de julho eram altas, uma vez que foram as primeiras desde a saída de Mugabe, que liderou os destinos do país durante 37 anos.

O candidato da União Nacional Africana do Zimbabué - Frente Patriótica (ZANU-PF), Emmerson Dambudzo Mnangagwa, de 71 anos (faz 72 a 16 de setembro próximo), venceu com 50,8% dos votos.

A cerimónia de investidura deveria ter-se realizado a 12 deste mês, mas a queixa apresentada pelo principal partido da oposição, o Movimento para a Mudança Democrática (MDC, na sigla em inglês), junto do Tribunal Constitucional suspendeu-a.

Na sexta-feira, o Tribunal Constitucional rejeitou as alegações apresentadas pelo MDC, do candidato da oposição Nelson Chamisa, e que davam conta da existência de fraude nas eleições de 30 de julho.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.