Emirates Airlines confirma 10 passageiros doentes no avião em quarentena em Nova Iorque

Emirates Airlines confirma 10 passageiros doentes no avião em quarentena em Nova Iorque

 

Lusa/AO Online   Internacional   5 de Set de 2018, 15:59

A companhia aérea Emirates Airlines confirmou que cerca de 10 passageiros foram colocado esta quarta-feira em quarentena no principal aeroporto de Nova Iorque por terem sintomas de doença durante o voo e que estão a receber cuidados médicos “por precaução".

A declaração da companhia está a ser citada pela agência noticiosa norte-americana Associated Press.

O voo da Emirates Airlines, proveniente do Dubai, aterrou pelas 09h10 horas locais (14h10 hora de Lisboa, menos uma nos Açores) no aeroporto internacional John F. Kennedy (JFK), em Nova Iorque.

O gabinete do presidente de câmara de Nova Iorque, Bill de Blasio, informou que, após relatos de vários passageiros doentes a bordo, o aparelho foi colocado em quarentena.

A mesma fonte precisou que elementos dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças, agência do Departamento de Saúde norte-americano, estavam já no local.

Um porta-voz do presidente de câmara de Nova Iorque, Eric Phillips, escreveu na rede social Twitter que o voo fez uma paragem em Meca, na Arábia Saudita, cidade que está a enfrentar um surto de gripe.

“As informações iniciais apontam para isso como uma possibilidade”, referiu o ‘tweet’ do porta-voz.

Imagens captadas por helicópteros dos canais noticiosos norte-americanos mostram um aparelho na pista cercado por veículos dos serviços de emergência e elementos das equipas de controlo de terra do aeroporto.

A unidade de contraterrorismo da polícia de Nova Iorque informou, através da rede social Twitter, que está a acompanhar o que parece ser uma “situação médica”.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.