Duas tempestades tropicais junto à costa mexicana podem passar a furacões

Duas tempestades tropicais junto à costa mexicana podem passar a furacões

 

Lusa/AO Online   Internacional   6 de Ago de 2018, 17:31

Duas novas tempestades tropicais ameaçam as zonas costeiras do México e poderão ser classificadas como furacões à medida que evoluem, anunciou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

Segundo aquele Centro, a tempestade tropical John, que hoje de madrugada estava 540 quilómetros a sudoeste do porto mexicano de Manzanillo, com ventos de 95 quilómetros horários, deverá passar ainda esta segunda-feira a furacão.

Prevê-se que atinja o pico como uma tempestade de categoria 3 antes de começar a enfraquecer durante a semana, prevendo-se que permaneça a oeste da península de Baja Califórnia.

A segunda tempestade tropical, Ileana, localizada perto da costa a cerca de 495 quilómetros a sudeste de Manzanillo, atingiu ventos de 100 quilómetros horários e segue a mesma trajetória da tempestade John, ao longo da costa mexicana, com os serviços meteorológicos a preverem que provoque chuvas fortes e as autoridades mexicanas a lançaram um alerta de proximidade de furacão desde Punta San Telmo, no Estado de Michoagan, até Playa Perula, no Estado de Jalisco.

Mais afastado do continente, o furacão Hector, continua em direção ao Pacífico Central, com a categoria 4 de tempestade e com ventos de 220 quilómetros horários, reportou o Centro de Furacões do Pacífico, em Honolulu.

O Hector não representa no imediato uma ameaça, mas os meteorologistas alertaram os habitantes do Havai para acompanharem a evolução da tempestade, porque preveem que em meados desta semana passe a sul das ilhas.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.