Dívida pública atinge em maio novo máximo histórico

Dívida pública atinge em maio novo máximo histórico

 

Lusa/AO Online   Economia   2 de Jul de 2018, 12:05

A dívida pública na ótica de Maastricht, calculada de acordo com a definição utilizada no Procedimento dos Défices Excessivos, atingiu em maio um novo máximo em termos brutos, de 250,3 mil milhões de euros, revelou o Banco de Portugal.

Face aos empréstimos de abril, a dívida reflete um aumento de 0,3 mil milhões, incluindo os passivos nos instrumentos de numerário e depósitos, títulos de dívida e empréstimos, revela o Boletim Estatístico do Banco de Portugal (BdP).

Nesse documento, o BdP destaca a diminuição dos ativos em depósitos das administrações públicas em 1,1 mil milhões de euros, e o acréscimo de 1,4 mil milhões de euros da dívida pública líquida de depósitos em relação ao mês anterior, totalizando 226,3 mil milhões de euros.

O máximo de 250.313 milhões de euros, registado em maio, bateu o máximo de 250.296 milhões de euros de dívida pública registado em agosto do ano passado.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.