Política

Discussão da lei de finanças regionais fora da agenda do PS

Discussão da lei de finanças regionais fora da agenda do PS

 

Lusa / AO online   Nacional   22 de Fev de 2010, 17:56

O líder parlamentar socialista, Francisco Assis, afirmou esta segunda-feira que o PS vai retirar da sua agenda a questão política das finanças regionais, designadamente o anunciado pedido da fiscalização preventiva desta lei junto do Tribunal Constitucional.
"Neste momento é totalmente inaceitável discutir a questão da Lei das Finanças Regionais. Da nossa parte não haverá nenhuma declaração sobre esse assunto", disse Francisco Assis à agência Lusa.

A Lei das Finanças Regionais foi aprovada este mês, em votação final global, por todas as forças da oposição e contra a vontade do PS, que anunciou a intenção de pedir a fiscalização do diploma junto do Tribunal Constitucional.

No entanto, o líder parlamentar do PS recusou a perspectiva de recolocar este tema na agenda política nos próximos tempos.

"Neste momento quero enaltecer a forma serena e a capacidade de reacção do Governo Regional da Madeira na resposta aos trágicos acontecimentos de sábado. O importante agora é mobilizarmos todos os recursos e concentrarmos todos os nossos esforços na resposta à destruição ocorrida na Madeira. Estamos perante uma situação de excepção e seria de muito mau gosto falar na Lei das Finanças Regionais", disse.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.