Desenvolvimento económico é tema do debate quinzenal

Desenvolvimento económico é tema do debate quinzenal

 

Lusa/AO Online   Nacional   25 de Jun de 2010, 06:15

O primeiro ministro escolheu para tema do debate quinzenal, que se realiza hoje, na Assembleia da República, o desenvolvimento económico.

Este debate realiza-se no final de uma semana parlamentar marcada pelas negociações entre o Governo e o PSD para um consenso em torno da política de cobrança de portagens no país.

Governo e oposição não se entenderam, quinta feira, quanto ao diploma da introdução de portagens nas SCUT (estradas sem custos para o utilizador) do Norte, tendo a oposição aprovado no Parlamento, na generalidade, a revogação da aplicação do sistema de identificação eletrónica de veículos.

O ministro dos Assuntos Parlamentares afirmou, em conferência de imprensa, que poderão ser cobradas portagens nas três autoestradas SCUT do Norte e Centro do país enquanto os diplomas da oposição de revogação não forem promulgados.

O secretário de Estado Paulo Campos estimou em 450 milhões de euros o prejuízo caso se adote a cobrança física de portagens das SCUT do Grande Porto, Norte Litoral e Costa de Prata.

O líder parlamentar do PSD deixou claro que a posição do seu partido só será alterada, quanto aos “chips” de matrícula, se o Governo der resposta às exigências dos sociais democratas sobre a introdução de portagens nas SCUT, recusando dar “cheques em branco”.

“Das duas uma, ou o Governo aceita esses princípios [exigidos pelo PSD] e esses critérios ou então o PSD faz como fez hoje, com inteira liberdade e autonomia, a afirmação das suas posições em relação a esta matéria”, disse Miguel Macedo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.