Deputado mariense diz que PSD impede auditoria para avaliar aumento de 4,1 Milhões de euros de passivo na Câmara de Vila do Porto

Deputado mariense diz que PSD impede auditoria para avaliar aumento de 4,1 Milhões de euros de passivo na Câmara de Vila do Porto

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   2 de Jul de 2018, 19:00

O deputado municipal do PS eleito pela ilha de Santa Maria, João Vasco Costa, crítica o PSD facto de ter votado contra o pedido de auditoria externa às contas da Câmara Municipal de Vila do Porto, para o mandato 2013-2017.

Em comunicado, o deputado municipal mariense, João Vasco Costa, diz ser “incompreensível esta recusa do PSD em Santa Maria, em promover uma prática de total transparência, tendo em conta a necessidade de se avaliar porque é que o município aumentou o seu passivo em 4,1 Milhões de Euros”.

“É imperioso esclarecer porque é que a autarquia de Vila do Porto foi a câmara do país que mais aumentou o seu passivo, per capita, entre 2013 e 2017. Está em causa a gestão de uma autarquia com cinco mil 578 habitantes, segundo os censos de 2011, e que apenas foi ultrapassada, em termos absolutos, por Lamego que tem 26 mil habitantes e Matosinhos, com 131 mil habitantes”, acrescentou o deputado municipal.

“A nossa proposta para a realização desta auditoria foi chumbada pelos social-democratas, que apregoam transparência na gestão dos bens públicos, mas consideram extemporâneo cabal esclarecimento desta situação”, adiantou também o socialista mariense.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.