Cristiano Ronaldo e Mário Rui entre os melhores no primeiro trimestre de 2018

Cristiano Ronaldo e Mário Rui entre os melhores no primeiro trimestre de 2018

 

Lusa/AO online   Futebol   26 de Mar de 2018, 14:00

Os futebolistas portugueses Cristiano Ronaldo (Real Madrid) e Mário Rui (Nápoles) lideram, nas respetivas posições, o relatório do Observatório do Futebol relativo aos primeiros três meses de 2018 nas cinco principais ligas europeias, publicado esta segunda-feira.

Segundo o documento, hoje publicado no sítio ‘online’ do Observatório do Futebol (CIES), Ronaldo apresenta a melhor ‘performance’ dos primeiros três meses no que toca à posição de ponta de lança, enquanto Mário Rui é o primeiro entre os defesas laterais.

O defesa do Nápoles, ainda sem internacionalizações, integra o lote de convocados da seleção portuguesa e pode estrear-se hoje pelos ‘AA’, no duelo frente à Holanda, na Suíça, enquanto Ronaldo decidiu o particular com o Egito, na sexta-feira, ao marcar os dois golos (2-1).

Com o ‘craque’ português colocado na lista de pontas de lança, o argentino Lionel Messi (FC Barcelona) lidera a tabela de extremos, que tem o português Gonçalo Guedes (Valência) na sétima posição e o argentino ex-Benfica Ángel Di María (Paris Saint-Germain) no 10.º lugar.

No quarto lugar da lista de guarda-redes, com o francês Hugo Lloris (Tottenham) no topo, está o brasileiro ex-Benfica Ederson, com o esloveno Jan Oblak, que também passou pelas ‘águias’, no sétimo posto, enquanto o inglês Eric Dier, formado no Sporting e atualmente no Tottenham, surge em oitavo na lista de médios defensivos.

A lista de defesas centrais, que tem o argentino ex-FC Porto Nicolás Otamendi (Manchester City) em terceiro, é liderada pelo senegalês Kalidou Koulibaly, do Nápoles, enquanto o dinamarquês Christian Eriksen (Tottenham) lidera nos médios.

A metodologia por detrás do relatório cruza as prestações em campo de jogadores das principais cinco ligas europeias que tenham jogado pelo menos 45 minutos em oito jogos no período analisado, em seis parâmetros: rigor, recuperação, distribuição, dribles, criação de oportunidades e remate.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.