Estados Unidos

Crise do crédito triplica perdas da segunda maior financiadora


 

Lusa / AO online   Economia   20 de Nov de 2007, 15:17

A Freedie Mac, segunda maior financiadora de empréstimos para compra de casas nos Estados Unidos anunciou que as suas perdas quase triplicaram com o colapso do crédito hipotecário que reduziu o valor dos seus activos.
As perdas líquidas aumentaram para 2,02 mil milhões de dólares, ou 3,29 dólares por acção, contra 715 milhões, ou 1,17 dólares por acção, um ano antes, indicou a sociedade com sede na Virgínia, num comunicado.

A Freedie Mac disse ter contratado a Goldman Sachs e a Lehman Brothers para ajudá-la a levantar capitais no mercado.

A Freddie Mac, que detém ou garante um em cada cinco empréstimos à habitação nos Estados Unidos, reforçou as provisões para fazer face ao aumento das execuções de hipotecas em incumprimento, que duplicaram em Agosto para atingir um nível recorde.

A Fannie Mae, a maior compradora de empréstimos, anunciou a 9 de Novembro que as suas perdas mais do que duplicaram e disse que os preços das casas continuavam a cair.

Em conjunto a Fannie Mae e a Freddie Mac detêm ou garantem cerca de 40 por cento dos 11,5 biliões de dólares do mercado dos empréstimos hipotecários norte-americano.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.