Credores da Oi têm mais 10 dias para escolherem opções de pagamento

Credores da Oi têm mais 10 dias para escolherem opções de pagamento

 

Lusa/AO online   Economia   27 de Fev de 2018, 14:06

O prazo para os credores da Oi, na qual a portuguesa Pharol é acionista de referência, poderem escolher uma das opções de pagamento dos montantes em dívida foi prorrogado até dia 08 de março.

Os credores da Oi tinham até segunda-feira para escolherem a opção de pagamento no âmbito do plano de recuperação judicial da operadora brasileira, mas segundo a decisão de um tribunal do Rio de Janeiro, citada num comunicado emitido pela empresa, esse prazo foi alargado por mais 10 dias.

Assim, os obrigacionistas que quiserem individualizar os seus créditos “poderão fazê-lo até ao dia oito de março de 2018”, refere.

“A companhia manterá seus acionistas e o mercado informados a respeito de qualquer andamento relevante sobre o tema”, sinaliza a Oi.

O Plano de Recuperação Judicial em causa, que resulta de um pedido judicial feito pela Oi em junho de 2016, foi aprovado no final do ano passado pelos credores visando reduzir o passivo da empresa, que ronda os 65,4 mil milhões de reais (cerca de 16 mil milhões de euros), através da conversão de 75% da dívida suportada pelos credores, aos quais serão concedidos direitos sobre a companhia.

A operadora brasileira, na qual a portuguesa Pharol é acionista de referência com 27% das ações, esteve num processo de fusão com a Portugal Telecom, que nunca se concretizou.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.