Costa em sete convenções antes de anunciar cabeça de lista europeu do PS

Costa em sete convenções antes de anunciar cabeça de lista europeu do PS

 

Lusa/AO Online   Regional   9 de Jan de 2019, 15:04

O secretário-geral do PS vai participar a partir de sábado em sete convenções regionais do seu partido, incluindo Açores e Madeira, antes de a 16 de fevereiro anunciar o cabeça de lista socialista nas próximas eleições europeias.

Até à Convenção Nacional do PS para as eleições europeias, que se realizará em Gaia, onde os socialistas vão também aprovar o seu manifesto nacional, António Costa fará intervenções em convenções de caráter regional no Alentejo, Algarve, Açores, Madeira, Centro, Norte e Lisboa e Vale do Tejo.

"A presença do secretário-geral do PS significa a importância que nós atribuímos a estas eleições europeias e significa a mobilização total do partido para vencê-las. Por outro lado, significa que neste início de ano já estamos em campanha eleitoral", declarou à agência Lusa a "número dois" da direção dos socialistas, Ana Catarina Mendes.

Ana Catarina Mendes salientou que as eleições europeias são aquelas que maiores taxas de abstenção registam em Portugal e, nesse sentido, "é importante que o PS se mobilize ao longo dos próximos meses".

A série de sete convenções regionais terá como lema "Portugal é Europa" e começa este sábado no Alqueva, distrito de Beja, com o secretário-geral do PS a encerrar uma sessão subordinada ao tema "Oportunidades para o Alentejo", pelas 17:30 horas, que será moderada pelo eurodeputado Carlos Zorrinho e que contará com a presença do ministro da Agricultura, Capoulas Santos.

Antes desta sessão política, no período da manhã, em Beja, o PS promove um debate informal aberto a todos os cidadãos num café desta cidade, intitulado "Conversas sobre a Europa", estando em discussão temas como a sociedade digital, as desigualdades e as alterações climáticas.

Neste tipo de encontros que vão anteceder as convenções regionais do Centro, Norte e Lisboa e Vale do Tejo, a direção do PS diz pretender escutar os cidadãos sobre a seguinte questão: "Europeus convictos que Europa queremos para o nosso futuro?".

Segundo a secretária-geral adjunta do PS, "é importante transmitir a mensagem de que todos os dias a Europa está nas vidas dos portugueses, seja ao nível pessoal, ou ao nível do Estado".

"Vamos fazer uma campanha muito de terreno. Nas próximas convenções regionais, uma parte do dia é destinada a conversas sobre a Europa em café emblemáticos, ou em universidades. Queremos puxar os mais jovens para a discussão - os jovens já nasceram na Europa, participam num conjunto muito significativo de projetos europeus, quer ao nível de frequência de estudos, quer no que respeita a investigação e bolsas", justificou Ana Catarina Mendes.

Em todas estas sessões políticas, o PS quer demonstrar "o que de melhor a Europa trouxe ao desenvolvimento de cada uma das nossas regiões".

Depois da conferência inaugural no próximo sábado, no Alqueva, no domingo de manhã, em Tavira, António Costa encerrara a convenção do Algarve, que será moderada pelo secretário de Estado e antigo eurodeputado socialista José Apolinário.

No próximo dia 19, o secretário-geral do PS estará na convenção da região centro, em Castelo Branco, seguindo-se as dos Açores e da Madeira, ambas em 26 deste mês, e a do Norte em Vila Real a 02 de fevereiro.

A última convenção regional, a de Lisboa e Vale do Tejo, no Montijo, em 09 de fevereiro, será subordinada ao tema do "Desenvolvimento económico regional". Na véspera desta conferência do Montijo, em 08 de fevereiro, o PS promove mais um encontro de caráter informal, "Conversas sobre a Europa", no Beato, em Lisboa.

Além das convenções, até às eleições europeias, os socialistas vão também prosseguir com a iniciativa "PS de portas abertas".

"Será destinado a discutir apenas os temas europeus. Começa já no próximo dia 16, no Algarve, sobre o tema do 'Brexit'", acrescentou Ana Catarina Mendes.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.