Tragédia no mar em Espanha

Corpos dos portugueses liberados hoje


 

Lusa/AOonline   Nacional   6 de Dez de 2008, 16:12

Os esforços do secretário de Estado das Comunidades Portuguesesas foram bem sucedidos junto das autoridades espanholas e os corpos dos três pescadores portugueses vão ser liberados hoje para serem trasladados para Portugal.
  Fonte oficial da secretaria de Estado disse à agência Lusa que o secretário de Estado e o embaixador português em Espanha fizeram todos os contactos necessários para resolver as burocracias inerentes à trasladação dos corpos e para ultrapassar as dificuldades que surgiram pelo facto de ser feriado em Espanha e conseguiram que fossem emitidos os certificados sanitários.

    O secretário de Estado das comunidades, António Braga, considerou que os esforços das autoridades portuguesas foram bem sucedidos graças à cooperação e receptividade das entidades espanholas e galegas.

    "Agradeço às autoridades espanholas e da Galiza pelos esforços feitos, que permitiram a aceleração deste processo, compreendendo assim a dor das famílias", disse António Braga à Lusa.

    O barco de pesca "Rosamar", registada em Leixões e propriedade de um armador espanhol, naufragou sexta-feira a 24 milhas a norte de Burela, na costa da Galiza, com oito portugueses e cinco indonésios a bordo.

    No naufrágio morreram três portugueses, cujos corpos se encontram no porto de Burela, em Lugo, a aguardar a autorização para a sua trasladação para Portugal.

    Sobreviveram ao naufrágio quatro portugueses e um indonésio.

    Entretanto, continuam as buscas para tentar encontrar outros cinco pescadores ainda desaparecidos, entre os quais um português.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.