Conta de telemóvel aquece madrugada parlamentar

Conta de telemóvel aquece madrugada parlamentar

 

Olimpia Granada/Cristina Pires   Regional   1 de Dez de 2011, 02:12

Uma factura de 4 mil euros de telemóvel deu pano para mangas na madrugada desta quinta-feira no Parlamento açoriano.


Tudo porque Duarte Freitas, líder parlamentar do PSD, aludiu sem concretizar a uma factura de 4000 mil de telemóvel da responsabilidade de um membro do Governo como sendo exemplo daquilo que se deveria cortar nas despesas, tal como defendia uma proposta deste partido. Apesar das várias insistências de Berto Messias, líder parlamentar do PS e de Artur Lima, líder parlamentar do CDS – Duarte Freitas escusou-se a, nas sua próprias palavras, a “fulanizar”. Mas Vasco Cordeiro, o secretário regional da Economia, pediu a palavra para esclarecer se era ele o alvo. Na ausência de resposta Vasco Cordeiro assumiu a factura como sendo do seu gabinete, correspondente a 11 telemóveis e ao mês de Abril altura em que foi realizada uma deslocação em trabalho à Alemanha. Acusando Duarte Freitas de falta de coragem e de carácter ostentou as facturas de telemóvel, tendo sido aplaudido pelo PS, por Zuraida Soares do BE e Artur Lima do CDS. Duarte Freitas pediu entretanto a defesa da honra, garantindo desconhecer que a informação que tinha correspondia ao gabinete do secretário regional da economia, também o lider parlamentar do PSD recebeu aplausos dos deputados sociais democratas, mas nem todos.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.