Consumo de eletricidade interrompe ciclo de crescimento e baixa 0,9% até novembro

Consumo de eletricidade interrompe ciclo de crescimento e baixa 0,9% até novembro

 

Lusa/AO Online   Regional   23 de Dez de 2011, 10:10

O consumo de eletricidade nos Açores baixou 0,9 por cento nos primeiros 11 meses de 2011, invertendo uma tendência de crescimento continuado registada nos últimos anos, revelou a elétrica regional EDA.

Dados da única empresa que garante o fornecimento de eletricidade no arquipélago, aos quais a agência Lusa teve hoje acesso, indicam que de janeiro a novembro o consumo elétrico regional caiu para um total acumulado de 707.963 MWh.

Segundo o presidente da EDA, Duarte Ponte, o abaixamento na procura de energia elétrica nas ilhas deverá ter que ver com a redução da iluminação pública a cargo das autarquias e do Governo Regional, com uma provável quebra da atividade económica e com uma maior preocupação dos consumidores domésticos com os custos da fatura elétrica.

“Para o ano pensamos que a situação vai piorar”, admite o gestor, sublinhando o impacto do aumento do imposto sobre valor acrescentado (IVA) na “conta da luz”.

Nos primeiros 11 meses do ano, o setor do comércio e serviços (incluindo públicos) absorveu 44,3 por cento do consumo elétrico regional, os usos domésticos 34,5 e os industriais 16,6 por cento.

Entre janeiro e novembro cerca de 30 por cento da produção da EDA teve origem em fontes renováveis, resultando a exploração de centrais geotérmicas, hídricas e eólicas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.