Construção e requalificação de instalações da GNR e PSP no Algarve vão custar 10ME

Construção e requalificação de instalações da GNR e PSP no Algarve vão custar 10ME

 

AO Online/ Lusa   Nacional   8 de Set de 2018, 09:52

A construção e requalificação das instalações da Guarda Nacional Republicana (GNR) e da Polícia de Segurança Pública (PSP) no Algarve, representam um investimento total de 10 milhões de euros, revelou esta sexta feira a secretária de Estado Adjunta da Administração Interna.

“Com este investimento, as infraestruturas das forças policiais do Algarve ficam estabilizadas em termos de instalações, capacidade de intervenção e atendimento à população”, disse aos jornalistas Isabel Oneto, secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna.

A governante falava aos jornalistas, em Albufeira, no distrito de Faro, à margem da cerimónia da assinatura do protocolo de colaboração entre o Ministério da Administração Interna (MAI), GNR e a Câmara de Albufeira, para as obras de requalificação das instalações do posto territorial da GNR de Olhos de Água, com um custo total de cerca de 300 mil euros.

As intervenções no distrito de Faro, inserem-se no âmbito da Lei de Programação de Infraestruturas e Equipamentos das Forças e Serviços de Segurança (FSS) do MAI para o período 2017/2021.

“Embora a Lei de Programação decorra até 2021, esperamos que todas as obras estejam concluídas antes do final desse período”, sublinhou a governante.

Isabel Oneto considerou que a construção e requalificação das infraestruturas “são de extrema importância para dotar as forças de segurança de condições para que possam desempenhar as suas missões com maior qualidade”.

Por seu turno, o comandante territorial de Faro da GNR, coronel Joaquim Crasto, indicou que “a melhoria das condições das infraestruturas da corporação no distrito implicam maior responsabilização para melhorar o serviço prestado” às populações e aos milhares de turistas que visitam a região algarvia.

“É com grande satisfação que assisto ao primeiro passo para a recuperação do antigo posto da GNR de Olhos de Água, uma realidade futura que, certamente, contribuirá para assegurar as condições necessárias para que possamos continuar a prestar com grande empenho os serviços à comunidade”, frisou o responsável.

Também o presidente da Câmara de Albufeira, José Carlos Rolo, salientou a importância da recuperação do antigo posto da GNR de Olhos de Água, considerando que “as obras, há muito desejadas”, são essenciais para alojar os militares que atualmente funcionam numa sala da junta de freguesia local.

“É uma localidade muito visitada por turistas ao longo de todo o ano, não podendo a câmara virar costas a uma questão que é a segurança desta localidade”, sublinhou o autarca.

A Câmara de Albufeira vai ficar com a responsabilidade de elaborar o projeto de arquitetura, fiscalização e acompanhamento da obra, representando um investimento de 50% do custo total da obra, ou seja, cerca de 150 mil euros.

“É um investimento muito baixo tendo em conta que a segurança é uma questão muito cara”, concluiu.

O investimento total de cerca de 10 milhões de euros contemplam as instalações da GNR de Almancil e Quarteira (Loulé), Lagos, Olhos de Água (Albufeira), Aljezur e Vila Real de Santo António, e da PSP em Faro, Vila Real de Santo António e Portimão.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.