Conselho do Governo dos Açores reúne nas Furnas com pacote legislativo sobre ambiente em agenda

Conselho do Governo dos Açores reúne nas Furnas com pacote legislativo sobre ambiente em agenda

 

Lusa/AO Online   Regional   2 de Jul de 2018, 07:33

O Governo dos Açores vai apreciar e votar, hoje  um pacote legislativo dedicado ao ambiente, num conselho de Governo a decorrer no Centro de Monitorização e Investigação das Furnas (CMIF), num dos principais pontos turísticos de São Miguel.

Numa nota enviada às redações, o Governo dos Açores adianta que o Conselho do Governo, presidido pelo chefe do executivo açoriano, Vasco Cordeiro, reúne a partir das 10 horas locais (mais uma hora em Lisboa) no Centro de Monitorização e Investigação das Furnas, no concelho da Povoação, onde "serão apreciadas e votadas mais de uma dezena de iniciativas legislativas ligadas à área ambiental".

A realização deste conselho de Governo no Centro de Monitorização coincide com o sétimo aniversário do CMIF, localizado na margem sul da Lagoa das Furnas, concelho de Povoação, criado em 2011 para divulgar a história e evolução do Vulcão das Furnas e a intervenção do Laboratório de Paisagem na proteção e recuperação dos ecossistemas naquela área de paisagem protegida.

A nota do executivo açoriano explica que as medidas legislativas dedicadas ao ambiente que serão aprovadas "representam a reafirmação do compromisso do Governo dos Açores com os objetivos do desenvolvimento sustentável da Agenda 2030, onde a preservação da qualidade ambiental e do património natural e a utilização sustentável dos recursos naturais, a par com a adaptação aos efeitos das alterações climáticas, constituem metas essenciais".

Entre as várias propostas, segundo o executivo, constam o Programa Regional para as Alterações Climáticas, as estratégias açorianas para a Energia 2030 e para a Implementação da Mobilidade Elétrica, as primeiras alterações aos Planos de Ordenamento das Bacias Hidrográficas das Lagoas das Sete Cidades e das Furnas, a classificação do Vulcão dos Capelinhos como Monumento Natural, a adoção de medidas para a redução do consumo de plásticos e reutilização e reciclagem nos serviços públicos e a criação dos prémios “Espírito Verde”.

A nota refere que a agenda do Conselho do Governo inclui ainda outros pontos, como "a alteração ao regime jurídico do Conselho Regional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável, a aprovação de medidas de proteção e classificação das cavidades vulcânicas, a determinação de objetivos de qualidade e orientações para a gestão da paisagem, bem como a autorização de início dos processos de alteração ao Plano Regional da Água e dos Planos de Ordenamento da Orla Costeira das ilhas Terceira e São Jorge e de elaboração do Plano de Ação para a Conservação da Reserva Natural da Lagoa do Fogo".

O Centro é detentor de vários prémios internacionais.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.