Conselho de Saúde dos Açores debate acesso a serviços e estratégia de combate ao álcool

Conselho de Saúde dos Açores debate acesso a serviços e estratégia de combate ao álcool

 

Lusa/AO Online   Regional   7 de Set de 2018, 08:56

A estratégia de combate ao consumo de álcool e as políticas de melhoria do acesso aos cuidados de saúde serão alguns dos assuntos debatidos pelo Conselho Regional de Saúde dos Açores, que se reúne esta sexta-feira em Angra do Heroísmo.

“Vamos abrir um debate sobre a questão da acessibilidade ao Serviço Regional de Saúde, a vários níveis, desde a análise da última legislação que se efetuou sobre as deslocações de profissionais de saúde entre as ilhas – porque essa é uma das questões centrais na acessibilidade –, a relação entre hospitais e centros de saúde, e o número de médicos existentes, por exemplo, de medicina geral e familiar”, adiantou, em declarações aos jornalistas, o secretário regional da Saúde, Rui Luís.

O governante revelou ainda que serão apresentados os resultados da primeira reunião do Fórum Regional do Álcool e da Saúde, a que aderiram 36 entidades, no âmbito do Plano de Ação para a Redução dos Problemas Ligados ao Álcool.

Segundo Rui Luís, o Conselho Regional de Saúde vai debater igualmente as medidas na área da saúde que estão incluídas na Estratégia Regional de Combate à Pobreza e Exclusão Social dos Açores, tendo em conta que “foi publicado agora o plano bianual de 2018-2019”.

O governante defendeu que o Conselho Regional de Saúde, que se reúne pela terceira vez neste mandato (2016-2020), tem permitido que as decisões políticas sejam “enriquecidas” pelos contributos dos parceiros.

“Tendo em conta que é um órgão que estatutariamente tem de dar o seu contributo para as medidas que são implementadas, eu penso que tem sido muito positivo. Já é a terceira reunião que fazemos este mandato e é um sinal claro de abertura a todos os parceiros”, frisou.

Criado em 2010, o Conselho Regional de Saúde é presidido pelo secretário regional da Saúde e é composto por 26 membros, entre representantes das ordens profissionais, dos sindicatos, das associações de utentes e consumidores, da comunicação social, das Misericórdias e da Universidade dos Açores.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.