Concurso público para a requalificação da estrada Furnas - Povoação lançado no início do próximo ano

Concurso público para a requalificação da estrada Furnas - Povoação lançado no início do próximo ano

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   5 de Set de 2019, 15:36

Vai ser lançado, no início do próximo ano, o concurso público para a requalificação da estrada entre as Furnas e a Povoação, anunciou esta quinta-feira o presidente do Governo dos Açores.

Vasco Cordeiro, que falava à margem da inauguração da Marina do Porto da Povoação, afirmou que “já está concluído o estudo de impacto ambiental, já está concluído o estudo prévio, prevemos que, até final deste ano, esteja concluído o projeto de execução, de maneira a que, nos primeiros meses do próximo ano, possamos lançar o concurso público da empreitada para a execução desta obra”.


No que diz respeito à infraestrutura inaugurada, o presidente do Governo dos Açores, salientou que “têm um significado que vai para além do próprio investimento, uma vez que constituem um exemplo de uma autarquia que avançou numa área que é fundamental para o desenvolvimento coletivo”, ou seja, a qualificação de equipamentos que servem o turismo, um dos setores que movimenta e dinamiza a economia regional.


Na inauguração deste investimento, que contou com o apoio do Governo dos Açores ao nível das redes técnicas, Vasco Cordeiro considerou também que esta obra da Câmara da Povoação constitui “um bom exemplo” de uma parceria entre as duas entidades.


Por seu turno, Pedro Melo, presidente da Câmara Municipal da Povoação, destacou a importância da infraestrutura: “Com a inauguração deste empreendimento, que visa dotar o porto da Povoação de condições para estacionamento em flutuação de embarcações de recreio e também marítimo-turísticas, foi dado um passo fundamental, para a importância que pretendemos conferir aos intentos da autarquia, na valorização da frente marítima desta Vila, reafirmando um novo sentido de relacionamento com o mar”.


A obra teve um custo de 260 mil euros, foi realizada com fundos próprios da Câmara Municipal e com o apoio do PRORURAL. Irá servir uma frota de 58 embarcações de recreio, bem como dois postos para marítimo turísticas.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.