Justiça

Concretização do novo mapa judiciário este ano teria custo "insuportável"


 

Lusa / AO online   Nacional   24 de Fev de 2010, 11:33

O secretário de Estado da Justiça João Correia reconheceu esta quarta-feira que, se entrassem em funcionamento este ano todas as comarcas previstas no novo Mapa Judiciário, isso teria um "custo insuportável" para o Estado.
O responsável falava na Assembleia da República, durante a discussão na especialidade do Orçamento de Estado de 2010 para a área da Justiça, que prevê estender até 2014 a implementação do novo mapa judiciário, a funcionar desde Abril de 2009 em três comarcas piloto e que este ano deveria ser alargado a todo o país.

Para o secretário de Estado, há que repensar critérios e até outras comarcas, como a da Madeira.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.