Concorrência entre Telefónica, Oi e América Móvil vai aumentar


 

Lusa / AO online   Economia   30 de Jul de 2010, 12:14

Telefónica, Oi e América Móvil, os três grandes ‘players’ do mercado brasileiro, vão aumentar a concorrência, depois de as recentes negociações terem promovido uma reestruturação nas telecomunicações naquele país.
Segundo os acordos que foram anunciados esta semana, a PT irá adquirir uma participação de 22,4 por cento na Oi, após vender a fatia que detinha na Vivo por 7,5 mil milhões de euros à Telefónica.

A aquisição da Vivo abrirá caminho para que a Telefónica integre as suas operações no Brasil, onde já detém a Telesp, empresa de telecomunicações que actua no Estado de São Paulo, e a TVA, operadora de TV a Cabo em parceria com o grupo Abril.

Juntas, Vivo e Telesp formam o maior grupo de telecomunicações do Brasil, com uma facturação anual de cerca de 31 mil milhões de reais (13,5 mil milhões de euros).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.