Transportes marítimos

Comissão quer esclarecer processo de construção do navios

Comissão quer esclarecer processo de construção do navios

 

Lusa / AO online   Regional   8 de Jan de 2010, 14:04

A comissão parlamentar de inquérito à construção dos navios Atlântida e Anticiclone iniciou esta sexta-feira funções com a tarefa facilitada pelo acordo entre o governo açoriano e os estaleiros navais, mas pretende contribuir para o completo esclarecimento deste processo.
“O objectivo desta comissão ficou muito mais aliviado depois da obtenção do acordo, porque estão assegurados os interesses da região, mas queremos contribuir para o total esclarecimento da situação”, afirmou a deputada socialista Catarina Furtado, eleita presidente da comissão.

A deputada, que falava à margem dos trabalhos, reafirmou a “disponibilidade” do PS para este esclarecimento, afastando rumores que apontavam para um eventual encerramento da comissão na sequência da obtenção do acordo entre o governo regional e os Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC).

A comissão parlamentar de inquérito é constituída por 13 elementos, sendo sete do PS, dois do PSD e um de cada um dos restantes quatro partidos com representação parlamentar (CDS/PP, BE, PCP e PPM).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.