Comissão parlamentar recusa discutir caso dos gravadores


 

Lusa / AO online   Nacional   18 de Mai de 2010, 18:39

A comissão parlamentar de assuntos constitucionais recusou esta terça-feira um requerimento do presidente do conselho deontológico dos jornalistas para discutir a “violação dos direitos dos jornalistas” que considerou ter existido quando o deputado Ricardo Rodrigues levou gravadores de jornalistas da Sábado.
O PSD, através do deputado Fernando Negrão, defendeu que o requerimento fosse aceite, para que se realizasse uma discussão da matéria, “do ponto de vista político”.

“Realcei que a discussão seria do ponto de vista político e nunca do ponto de vista jurídico e muito menos criminal. Não seria uma discussão de censura sobre nenhum comportamento, mas sobre o que aconteceu entre um deputado, nas instalações da Assembleia da República, e jornalistas”, argumentou à Lusa.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.