Coreias

China não protegerá responsáveis pelo afundamento da Cheonan


 

Lusa/AO online   Internacional   28 de Mai de 2010, 12:28

O primeiro-ministro chinês afirmou esta sexta-feira em Seul que a China "não vai proteger os responsáveis" pelo afundamento da corveta sul-coreana "Cheonan", naufrágio que investigadores internacionais atribuem à Coreia do Norte, informou um porta-voz oficial sul-coreano.
Wen Jiabao, que manteve esta sexta-feira um encontro com o presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, disse que a China, principal aliado da Coreia do Norte, decidirá a posição sobre este caso "com justiça" e respeitando a investigação internacional que responsabiliza o regime norte-coreano, segundo a agência noticiosa sul-coreana Yonhap.

O regime comunista de Pyongyang negou qualquer envolvimento no acidente e afirmou que as provas contra si foram "fabricadas" pela Coreia do Sul.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.