CDS quer fasear transferências do IVA até 2013


 

Lusa / AO online   Regional   1 de Fev de 2010, 17:07

O CDS propôs esta segunda-feira a redução do limite de endividamento da Madeira e um faseamento das transferências relacionadas com o IVA, no âmbito da alteração à Lei das Finanças Regionais, matéria em que o PS não apresenta propostas.
Terminava ao final desta manhã o prazo para os grupos parlamentares apresentarem as suas propostas no âmbito da proposta de lei da assembleia legislativa da Madeira, que pretende alterar a lei das finanças regionais - com um impacto estimado em 82 milhões de euros -, em discussão num grupo de trabalho constituído para abordar esta matéria.

Em declarações aos jornalistas, a deputada do CDS-PP Assunção Cristas anunciou que a sua bancada apresentou cinco propostas que pretendem “soluções mais justas, mais moderadas, mais sensatas e que possam ajudar a gerar um consenso”.

A redução do limite de endividamento dos actuais 25 por cento para 22,5 por cento das receitas correntes e a introdução de um “gradualismo no impacto orçamental de alteração ao IVA”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.