Canoístas consideram que estágio foi muito gratificante

Canoístas consideram que estágio foi muito gratificante

 

SR/CNH   Outras modalidades   26 de Ago de 2008, 11:05

Os atletas de Canoagem do Clube Naval da Horta Clife Pedro, Cátia Solas, Pedro Cipriano e Jacinto Cipriano estiveram em estágio, nos últimos dias, nas Sete Cidades, ilha de São Miguel.
Esta foi uma iniciativa do monitor da Secção de Canoagem do Clube Naval da Horta, Francisco Garcia, e do canoísta internacional, Jorge Castro, que foi o teinador do grupo faialense em São Miguel.

Estágio positivo
De acordo com o Clube Naval da Horta e na opinião dos jovens que estiveram na ilha de São Miguel, o estágio foi “muito positivo e interessante”.
“Ficámos a saber como é a Canoagem na realidade no que toca a velocidade”, sublinha Cátia Solas, acrescentando que treinaram em kayaks K1 (usados em provas de velocidade) e em água doce, o que “ajudou no equilíbrio das embarcações”.
“Como a água é mais pesada, faz com que criemos mais resistência”, frisa esta atleta.
Estiveram também a estagiar canoístas das ilhas do Pico e ilha da Terceira.
Para Pedro Cipriano esta foi “uma experiência a não perder”, salientando que “vale a pena ser canoísta”.
Por seu turno, Cátia Solas afirma com toda a convicção que “cada vez tem mais” a certeza de que quer fazer da Canoagem um rumo de vida.
Jacinto Cipriano não fala da modalidade com a mesma ambição, mas salienta pela positiva este estágio e o facto ter constituído “uma oportunidade para aprender coisas novas”.
No entender de Clife Pedro, vencedor de inúmeros títulos, alguns dos quais a nível nacional, “esta foi uma participação que deu para aprender coisas novas”, já que a objectivo deste atleta é a evolução constante.
Esta foi também uma forma de promover a Canoagem na ilha de São Miguel em particular e nos Açores, no geral, modalidade que tem vindo a mostrar um bom desenvolvimento.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.