Buscas prolongam-se até ao anoitecer

Carregando o video...

 

Lusa / AO online   Regional   1 de Mar de 2010, 17:05

Os trabalhos de busca da menina de 10 anos desaparecida na sequência do acidente com um autocarro ocorrido esta segunda-feira de manhã no Nordeste, em S. Miguel (Açores) devem prolongar-se até ao anoitecer, informou a protecção civil.
“Estamos a providenciar algum equipamento de iluminação para podermos prosseguir a operação”, revelou Rodrigo Mira, do Serviço Regional de Protecção Civil dos Açores, em declarações à Lusa.

Segundo este responsável, as operações no local envolvem actualmente cerca de 120 elementos da PSP, GNR, bombeiros, serviços florestais, Direcção Regional de Obras Públicas e Polícia Marítima.

As operações estão actualmente centradas no autocarro, com o objectivo de remover o tejadilho, que se separou do veículo durante a queda pela ravina, para verificar o terreno que se encontra por baixo.

Rodrigo Mira revelou que também está a trabalhar uma equipa na remoção de destroços (madeira e lama) nas imediações do autocarro.

Nestas operações estão envolvidas duas equipas “especializadas em salvamento em grande ângulo”, que estão a analisar o terreno ao longo do declive por onde caiu o autocarro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.