Pescas

Bruxelas quer proibir comércio de atum rabilho

Bruxelas quer proibir comércio de atum rabilho

 

Lusa / AO online   Economia   22 de Fev de 2010, 11:18

A Comissão Europeia propôs esta segunda-feira aos Estados-membros que apoiem a proibição do comércio de atum rabilho em 2011, uma espécie ameaçada devido às capturas excessivas.
"Não temos outra escolha senão agir imediatamente e propor a interdição do comércio internacional" de atum rabilho, muito apreciado no 'sushi', disse esta segunda-feira, em conferência de imprensa, o comissário europeu para o Ambiente, Janez Potocnik.

Se os governos da UE aprovarem a recomendação de Bruxelas e declararem o atum rabilho como uma espécie ameaçada de extinção - e se esta posição for ratificada pela organização da ONU de protecção das espécies em perigo (CITES) - a pesca desta espécie será proibida.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.