Bruno Magalhães entre os dez mais rápidos no Europeu de ralis

Bruno Magalhães entre os dez mais rápidos no Europeu de ralis

 

Lusa/Ao online   Outras modalidades   25 de Ago de 2018, 21:06

O português Bruno Magalhães conquistou este sábado três posições no rali Barum, na República Checa, e terminou a primeira etapa desta sexta prova do Europeu de ralis na 10.ª posição, com 1:13.09,4 horas, a 2.50,7 minutos do líder, o russo Alexey Lukyanuk.

O piloto do Skoda Fabia R5 sentiu problemas de sobreaquecimento no motor do carro que partilha com o navegador Hugo Magalhães, mas terminou a jornada no 10.º lugar, depois de ter alterado a afinação da suspensão no parque de assistência a meio do dia.

“Alterámos todo o 'set up' e agora parece bastante melhor”, explicou, no final, ao site oficial do campeonato o piloto português, que ainda sentiu “algumas dificuldades” no último troço, disputado já à noite.

"Foi sem dúvida um dos dias mais difíceis da minha carreira nos ralis, sobretudo de manhã. As afinações que escolhemos não foram as ideais e as condições que enfrentávamos dificultaram tudo ainda mais. De tarde, fizemos alterações ao nível da suspensão que nos deu um pouco mais de confiança e melhoramos um pouco. Mas longe da performance que desejávamos", começou por explicar o piloto português, em declarações difundidas pela sua assessoria de imprensa.

Bruno Magalhães acredita que o último dia de prova "vai continuar a ser complicado”, mas promete lutar.

“Esperamos aumentar o andamento classificativa a classificativa e esperar para ver o resultado que nos reserva. Mantemos o pensamento positivo, apesar de tudo”, concluiu Bruno Magalhães.

O outro português em prova, Aloísio Monteiro, que faz dupla com Eiró Sancho noutro Skoda Fabia R5, concluiu este primeiro dia em 36.º, a 13.41,6 do líder.

“Estou a aprender. Para mim é complicado conduzir aqui pela primeira vez”, notou o português.

A 48ª edição do rali Barum termina no domingo, na República Checa, após a disputa de mais seis troços especiais.

Bruno Magalhães ocupa, nesta altura, o segundo lugar do Europeu, a nove pontos de Alexey Lukyanuk.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.