Bónus dos grandes patrões recuam no Reino Unido mas salários sobem


 

Lusa / AO online   Economia   26 de Out de 2009, 10:27

Os bónus pagos aos patrões das maiores empresas cotadas britânicas caíram cerca de um terço no exercício fiscal 2008/2009, fechado em Abril, mas os seus salários aumentaram paralelamente, segundo um estudo publicado esta segunda-feira.
De acordo com este estudo, realizado pela sociedade Incomes Data Services (IDS), os prémios pagos aos patrões do Footsie-100, principal índice da Bolsa de Londres, baixaram 29 por cento no ano fiscal passado, caindo para 502.000 libras em média (ou seja cerca de 550.000 euros), o que constitui o primeiro recuo em dez anos.

Mas o salário destes patrões subiu paralelamente 7,4 por cento em média, nitidamente mais que a subida do custo da vida, o que fez com que a respectiva remuneração total só tivesse baixado 1,5 por cento, segundo o IDS.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.