Bombeiros

Bombeiros profissionais queixam-se da falta de efectivos


 

Lusa/AO online   Nacional   26 de Jul de 2010, 18:30

A Associação Nacional dos Bombeiros Profissionais (ANBP) alertou esta segunda-feira o grupo parlamentar do PS para a necessidade de um reforço de efectivos e exigiu a revisão dos estatutos da classe.
No final de uma reunião com o deputado socialista João Gameiro, o vice-presidente da ANBP, Sérgio Carvalho, disse à agência Lusa que o encontro visou “apresentar várias reivindicações dos bombeiros profissionais que, caso não sejam atendidas, terminarão numa greve marcada para 15 de Setembro”.

Os bombeiros querem uma nova regulamentação das carreiras, um reforço de efectivos e uma alteração aos horários.

“É necessária uma regulamentação que defina o enquadramento laboral dos bombeiros”, disse Sérgio Carvalho.

Actualmente existem duas carreiras profissionais, uma para os bombeiros profissionais e outra para os municipais, que implica honorários diferentes e que, no entender da associação, “não faz sentido”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.