Boeing faz mergulho de 4600 metros mas aterra em segurança causando 17 feridos

Boeing faz mergulho de 4600 metros mas aterra em segurança causando 17 feridos

 

Lusa / AO online   Internacional   25 de Abr de 2010, 13:29

Um avião da companhia aérea Emirates, atingido por forte turbulência entre o Dubai e a Índia, fez hoje um mergulho de 4600 metros em poucos minutos, causando ferimentos em 17 passageiros, disseram autoridades da aviação.

O Boeing 777, com 361 passageiros e 14 tripulantes, conseguiu aterrar em segurança no seu destino, Cochin (sul da Índia), pouco depois do incidente que ocorreu ao largo do estado de Goa.

"Devido ao período de forte turbulência, alguns passageiros sofreram contusões e outros ferimentos menores", disse um funcionário aéreo em Cochin.

A mesma fonte, que pediu o anonimato, acrescentou que os passageiros feridos "receberam atendimento médico na chegada no aeroporto".

"Alguns passageiros, que não estavam a usar o cinto de segurança, foram projetados dos seus lugares mas, em seguida, o piloto recuperou o controle", disse.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.