Bispo auxiliar do Porto homenageado com título de Cidadão de Honra de Viana


 

Lusa/Ao online   Nacional   5 de Jan de 2019, 11:00

Pio Gonçalo Alves de Sousa, bispo auxiliar do Porto, vai ser distinguido, no dia 20 com o título de Cidadão de Honra de Viana do Castelo, durante as comemorações dos 171 anos de elevação a cidade, informou esta sexta feira a câmara.

Natural de Lanheses, freguesia da capital do Alto Minho, Pio Gonçalves de Sousa vai ser distinguido "pelos notáveis serviços de cidadania e relevantes serviços prestados ao país enquanto bispo".

O bispo auxiliar do Porto é uma das cinco personalidades que vão ser galardoadas com o título honorífico de Cidadão de Honra de Viana do Castelo.

Os professores universitários Licínio Carlos Viana da Silva Lima e António Maria Maciel de Castro Feijó, o médico Luís Belo, o empresário Manuel da Costa, e o escultor e pintor Salvador Vieira (a título póstumo), são os restantes homenageados com aquele título honorifico.

No total, a Câmara de Viana do Castelo vai homenagear, 23 personalidades ligadas à cultura e ao ensino, empresas e instituições locais de várias áreas, propostas pela maioria socialista na autarquia, pelos vereadores do PSD e da CDU.

"São personalidades que nas suas áreas tiverem e continuam a ter relevância profissional, da cidadania e do ensino mas temos também instituições que nos enchem de orgulho e portugueses que, na Diáspora, continuam a manter a nossa identidade bem viva", destacou o presidente da Câmara de Viana do Castelo.

Em declarações à agência Lusa, o socialista José Maria Costa destacou a homenagem que o município presta aos "jovens de Viana do Castelo que, pelo mundo, fazem da sua profissão e da sua arte um talento".

"São verdadeiros ativos de Viana do Castelo", frisou, frisando que o aniversário da cidade "é o momento próprio para fazer a exaltação dos feitos de cidadãos de Viana do Castelo e para promover a cidadania

Com o título de "Cidadão de Mérito" vão ser distinguidas a investigadora, Raquel Gaião, a escritora, Marlene Ferraz, a surfista invisual de 13 anos que, em dezembro, conquistou a medalha de bronze na classe AS-VI no Mundial de surf adaptado, que decorreu nos Estados Unidos, a coreógrafa Tânia Carvalho, o músico Vítor Lima, Manuel Pires Rego, responsável pela formação de crianças e jovens através do escutismo e bombeiro Fernando Freitas (a título póstumo).

A Casa de Portugal de Brest, o Coral Polifónico de S. Romão de Neiva, o jornal Amanhecer das Neves, a União Desportiva de Lanheses, a Casa Sandra, o Atelier Samthiago, Conservação e Restauro, a empresa Castanheira & Castanheira, a Leitaria do Carmo, Restaurante Camelo e a Conferência Feminina de São Vicente de Paulo - Santa Maria Maior serão distinguidos com o título de Instituições de Mérito.

Os títulos honoríficos vão ser atribuídos na cerimónia comemorativa dos 171 anos de elevação de Viana do Castelo a cidade, no dia 20 de janeiro, pelas 17:00, no teatro municipal Sá de Miranda.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.