Economia

Bensaude quer comprar negócio de combustíveis da BP nos Açores

Bensaude quer comprar negócio de combustíveis da BP nos Açores

 

Carmo Rodeia   Regional   3 de Set de 2010, 12:30

A BENCOM notificou a Autoridade da Concorrência sobre a aquisição do controlo exclusivo sobre os activos do negócio de combustíveis da BP nos Açores a transferir para sociedade a constituir mediante a aquisição da totalidade das respectivas participações sociais.
A operação participada à Autoridade da Concorrência (AdC) consiste na aquisição pela empresa BENCOM - Armazenagem e Comércio de Combustíveis, S.A. do controlo exclusivo sobre os activos do negócio de combustíveis da BP nos Açores.

Além do terminal da Nordela, o acordo entre o Grupo Bensaude e a BP prevê a aquisição de todos os postos de abastecimento da marca nos Açores.

Se o negócio receber o aval da AdC será constituída uma nova empresa a NewCo Açores, que compreenderá todos os activos da BP Portugal nos Açores, nomeadamente a posição de capital no Terminal da Nordela, a posição contratual como operador naquele terminal, a posição contratual da BP Portugal, no contrato celebrado com a Atlântida Serviços, S.A, para a prestação de serviços relativos à operação das actividades no Terminal da Nordela, um Contrato de Agência para a venda de combustíveis e produtos relacionados e postos de abastecimento explorados por entidades independentes.

A intenção de negócio foi já publicada na imprensa nacional aguardando o aval da Autoridade da Concorrência.

O Grupo Bensaude depois de ter comprado o capital social dos Sousa Lima já tinha ficado com alguns postos de abastecimento da BP no arquipélago. Agora passa a deter o seu exclusivo caso o negócio seja efectivamente fechado.

Acresce que com este acordo, o  Grupo Bensaude passa a ter de encontrar a solução para a transferência dos tanques de combustíveis que a BENCOM ocupa em Santa Clara e que têm de ser desactivados até Dezembro de 2012. 

Contactada a direcção do grupo, não há comentários a fazer para já. A Bensaude aguarda o veredicto da AdC.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.