Benfica 'cilindra' Terceira Basket no regresso de Carlos Lisboa ao banco

Benfica 'cilindra' Terceira Basket no regresso de Carlos Lisboa ao banco

 

Lusa/Ao online   Basquetebol   23 de Mar de 2019, 20:45

O Benfica venceu este sábado o Terceira Basket por 112-60, num encontro, da primeira jornada da segunda fase da Liga portuguesa de basquetebol, que marcou o regresso ao banco dos ‘encarnados’ do treinador Carlos Lisboa.

Anunciado no domingo como sucessor do espanhol Arturo Álvarez, Lisboa, de 60 anos, estreou-se com um triunfo, o mais volumoso da época, num jogo sem história, que os ‘encarnados’ já ganhavam ao intervalo por 41 pontos (67-26).

Micah Downs, Fábio Lima e Tomás Barroso, todos com 16 pontos, foram os jogadores que mais contribuíram para os 52 pontos de diferença, o maior registo da época, batendo os 46 com que o Benfica havia superado o Esgueira (112-66).

Na equipa dos Açores, que não contou com o seu melhor jogador (Derreck Brooks Jr.), os melhores marcadores foram Rochelle Nix e Miguel Toreia, ambos com 13 pontos.

“Fico satisfeito por termos vencido, mas só ganhámos um jogo, há muito trabalho a fazer. Estivemos melhor na primeira parte do que na segunda, mas penso que os jogadores estão a perceber a mensagem”, disse Carlos Lisboa, à BTV.

Carlos Lisboa está no comando do Benfica pela quarta vez, depois de uma primeira entre 1997/1998 e 1999/2000, uma segunda em 2005/2006, substituindo Norberto Alves, e uma terceira, repleta de títulos, entre 2011/2012 e 2016/17.

Na primeira experiência, Lisboa conquistou apenas uma Supertaça, na segunda, de apenas alguns meses, nada ganhou e na terceira arrebatou quase tudo: cinco campeonatos, quatro edições da Taça de Portugal, quatro da Supertaça, mais quatro troféus Hugo dos Santos e quatro António Pratas.

Em 2017/18, retomou o lugar de diretor-geral das modalidades, que desempenhara desde 2007 a 2011, mas, agora, voltou a aceitar o regresso ao banco, numa época em que o Benfica ainda não ganhou nenhum troféu, mas está na corrida à Liga portuguesa.

Os ‘encarnados’ terminaram a primeira fase no segundo lugar, com 20 vitórias e duas derrotas, ambas fora, a primeira com o FC Porto (78-96), após 15 vitórias nas primeiras 15 rondas, e a segunda com a campeã em título Oliveirense (82-92).

Na segunda fase, o Benfica entrou hoje a ganhar e está, provisoriamente, na liderança na prova, um ponto à frente da Oliveirense, que pode voltou à liderança do domingo (recebe a Ovarense) e na quinta-feira visita a Luz.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.