Óbito/João Semedo

BE diz que perda é de todos os que partilharam o seu ímpar percurso

BE diz que perda é de todos os que partilharam o seu ímpar percurso

 

Lusa/AO Online   Nacional   17 de Jul de 2018, 08:45

O BE transmitiu esta terça-feira "as mais sentidas condolências" pela morte do seu antigo coordenador João Semedo, considerando que a perda "é de todos os que partilharam o seu ímpar e diversificado percurso, que com ele lutaram, aprenderam e conviveram".

"O Bloco de Esquerda informa que morreu esta manhã João Semedo, com 67 anos, médico e militante político, e transmite à sua mulher, ao seu filho e a toda a família as mais sentidas condolências", lê-se numa nota enviada à agência Lusa.

O partido considera que "a perda de João Semedo é de todos os que partilharam o seu ímpar e diversificado percurso, que com ele lutaram, aprenderam e conviveram, na política e na vida".

"Como é de todos o orgulho e a alegria de o terem tido a seu lado", enaltece.

O BE sublinha ainda que "a doença prolongada e as crescentes limitações da voz não impediram" João Semedo de "manter a atividade política".

"Nos últimos meses da sua vida, João Semedo publicou um livro com António Arnaut para uma nova Lei de Bases da Saúde e deu força e conteúdo ao Movimento ‘Direito a morrer com dignidade'", recordam.

Fonte do BE adiantou à agência Lusa que o partido decidiu cancelar a agenda para esta terça-feira.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.