BE defende criação de agência de notação de risco europeia


 

Lusa / AO online   Economia   2 de Fev de 2010, 14:38

O BE defendeu esta terça-feira a criação de uma agência de notação de risco europeia, de forma a “credibilizar” e criar “regras de transparência” no sector das agências de ‘rating’ e a inverter o sentido de “destabilização” dos mercados financeiros.
Na apresentação de um projecto de resolução que recomenda ao Governo a proposta de uma agência de notação comunitária, o deputado José Gusmão salientou que, em 2009, o Parlamento Europeu “aprovou um documento que enquadra a actividade das agências de ‘rating’”, introduziu “mecanismos de acreditação” para as mesmas e sugeriu “a produção de legislação no sentido da criação de uma agência de notação de risco europeia, com financiamento comunitário”.

José Gusmão considerou que o actual modelo de financiamento das agências de ‘rating’ “é estranhíssimo”, porque “a verdade é que as agências são pagas pelas mesmas entidades cujos produtos avaliam”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.