Água de Pau

Banhistas desrespeitam regras e mergulham em zonas perigosas

Carregando o video...

 

Luís Pedro Silva   Regional   6 de Ago de 2010, 11:11

Banhistas desafiam o perigo e mergulham em zonas rochosas no Porto da Caloura. Este ano um homem de 23 anos acabou por ficar tetraplégico devido a esta situação
O mar calmo no Porto da Caloura esconde os muito dos perigos para os banhistas que arriscam mergulhar em zonas rochosas.

Apesar dos avisos de uma placa a alertar para os perigos no mergulho e os constantes alertas dos nadadores salvadores, há algumas pessoas, a maioria jovens na casa dos 20 anos, que insistem em desafiar o perigo e mergulhar em zonas de elevado perigo.

O resultado destas aventuras poderá ser fatal, deixando marcas para o resto da vida.

Este ano um homem de 23 anos embateu directamente com a cabeça numa zona rochosa e ficou tetraplégico.

Quem frequenta o local conta histórias de acidentes registados em anos anteriores, em que se registaram diversas fracturas e escoriações.

No entanto, apesar dos riscos elevados em mergulhar em algumas zonas da Caloura, continua a haver jovens a mergulharem de uma altura de quatro a cinco metros, directamente para uma zona com rochas.



Leia esta notícia na íntegra na edição de Quinta-feira do Açoriano Oriental, dia 5 de Agosto de 2010

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.