Autoria da morte de três soldados britânicos reivindicada na BBC


 

Lusa / AO online   Internacional   16 de Jul de 2010, 18:35

Um homem que se apresentou como o soldado afegão que matou na terça-feira três militares britânicos no sul do Afeganistão afirmou à BBC que agiu sozinho para manifestar a sua ira face ao comportamento dos britânicos no país.
A BBC divulgou no seu 'site', sem citação directa, as declarações de um homem que diz ser o soldado afegão Talib Hussain, de 21 anos, procurado pelo ataque. A conversa de 10 minutos foi conseguida através de um intermediário.

O homem justificou o seu gesto com o descontentamento face ao comportamento dos britânicos na província de Helmand, acusando as tropas do Reino Unido de serem responsáveis pela morte de civis e de crianças e considerando que a sua presença no Afeganistão não tem por objectivo a segurança e a reconstrução do país.

O indivíduo disse pertencer à comunidade dos hazaras e referiu que viveu alguns anos do Irão, tendo regressado ao seu país há um ano para ingressar no exército nacional.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.