Autarquia da Praia da Vitória congratula-se com a certificação da Base das Lajes

Autarquia da Praia da Vitória congratula-se com a certificação da Base das Lajes

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   24 de Jul de 2018, 20:00

A Câmara Municipal da Praia da Vitória congratula-se com a concretização da certificação do Aeroporto Internacional das Lajes para utilização permanente pela aviação civil.

Esta era uma reivindicação antiga da ilha Terceira e com este passo ficam abertas as portas para uma afirmação turística da Praia da Vitória, da ilha Terceira e, até, a partir do Aeroporto Internacional das Lajes para as demais ilhas do Grupo Central, refere nota de imprensa da autarquia da Praia da Vitória.

A nota recorda que a certificação para uso civil do Aeroporto Internacional das Lajes resultou da decisão das forças militares norte-americanas reduzirem de forma significativa a sua presença neste destacamento, como também, ganhou expressão com os vários entraves a escalas técnicas e operacionalidade de aeronaves civis, na Base das Lajes.

Num objetivo comum, a Câmara Municipal da Praia da Vitória e o Governo dos Açores, aliados a diversos movimentos públicos da Terceira, nunca desistiram da sua concretização, tendo o Governo da República, a 27 de julho de 2016, se comprometido, no prazo de dois anos, a certificar a Base das Lajes para uso da aviação civil.

Acrescenta a autarquia que a certificação da Base das Lajes, na prática, recentra no agora designado Aeroporto Internacional das Lajes (em coordenação com o Comando da Base) a gestão do tráfego aéreo e das autorizações de voos civis; elimina os anteriores prazos de pedido de utilização da pista; clarifica as competências, atribuições, responsabilidades e procedimentos da operação civil; permite, em caso de necessidade, o acesso da aviação civil às placas militares; e articula, de forma ágil, com a componente civil as operações e limitações no âmbito da Defesa Nacional e operações militares.

Atribuída a Certificação à Base das Lajes, diz a nota que compete agora às autoridades públicas continuarem a dar o seu contributo no sentido de potenciar o uso civil da infraestrutura aeroportuária, nomeadamente, trabalhando na captação de escalas técnicas, de operações charters e de novas companhias aéreas.

A autarquia reconhece ainda o trabalho desenvolvidos pelos governos dos Açores e da República.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.