Autarquia da Horta promove 18º Dia Municipal do Bombeiro

Autarquia da Horta promove 18º Dia Municipal do Bombeiro

 

AO Online   Regional   5 de Mai de 2019, 00:48

O Município assinalou o dia na passada sexta feira, com a inclusão de uma nova ambulância para transporte de doentes não urgentes da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários Faialense apoiada em 50% pela autarquia.

O 18.º Dia Municipal do Bombeiro, é promovido anualmente pela Câmara Municipal da Horta, em parceria com a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários do Faial, com o propósito de realçar o espírito de entrega e de voluntariado dos soldados da paz.

“Quase duas décadas passadas sobre a criação deste Dia, é evidente a forma como a cooperação existente tem evoluído de uma forma muito positiva entre a Câmara Municipal, o seu serviço de proteção civil e a Associação de bombeiros”, afirmou José Leonardo Silva, presidente da autarquia na sessão solene que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho que considera que o concelho da Horta é “um concelho consciente das responsabilidades que tem em matéria de proteção civil e melhor preparado.”

José Leonardo Silva destacou ainda a parceria que o município tem com a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários que permitiu que se realizassem uma série de formações e de ações de sensibilização, entre as quais, a formação em planeamento, realizado pelo Serviço Regional, no qual participaram os membros do Centro Municipal de Proteção Civil. Destaque ainda para as ações realizadas nas IPSS’s e nas escolas do concelho, que vão continuar a decorrer ao longo do ano, avançando em áreas como os cuidados primários, o suporte básico de vida, o manuseamento de extintores, entre outros.

“Para a Câmara Municipal é um motivo de orgulho poder contribuir, pela via da concessão dos terrenos, para a viabilidade da construção do novo quartel, como um projeto estruturante e de futuro e que implicou, necessariamente, um grande compromisso financeiro da Câmara, Associação e Governo”, afirmou o autarca.

“Os equipamentos e os meios são importantes, mas mais importantes de que isso são os homens e as mulheres que estão aqui à nossa frente. Sem eles não teríamos a capacidade de intervenção que temos hoje”, sublinhou José Leonardo Silva que relembrou igualmente a importância da criação do cartão municipal do bombeiro, com benefícios associados, que deverão ser reforçados.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.