Aumenta para 60 o número mortos dos incêndios na Grécia

Aumenta para 60 o número mortos dos incêndios na Grécia

 

Lusa/AO Online   Internacional   24 de Jul de 2018, 10:49

Aumentou para 60 o número de vítimas mortais dos incêndios na Grécia que fizeram 172 feridos, disse esta terça-feira à Lusa uma jornalista da agência grega AMNA acrescentando que o primeiro-ministro vai reunir-se com autoridades esta tarde.

"Até ao momento registam-se 60 mortos, mas muitas pessoas continuam dadas como desaparecidas. Os bombeiros estão a tentar procurar as pessoas nas casas das zonas que foram atingidas pelas chamas. Neste momento há 172 feridos, 60 dos quais são crianças. A maior parte dos feridos está internada em vários hospitais. É possível que o balanço de vítimas mortais venha a aumentar”, disse à Lusa Eva Webster da AMNA, em Atenas.

A jornalista acrescentou que governo de Alexis Tsipras está a preparar uma reunião, marcada para esta tarde na capital, para responder aos acontecimentos.

O primeiro-ministro reuniu-se segunda-feira com “vários membros do governo” tendo declarado que se trata de “uma grande tragédia e que está a ser organizada uma resposta para combater a situação”, explicou Eva Webster.

De acordo com a agência AMNA, até ao momento, o Chipre enviou bombeiros e meios de combate a incêndios.

Um dos incêndios, a cerca de 50 quilómetros de Atenas, obrigou à evacuação de três localidades, reduzindo a cinzas dezenas de casas e causando o encerramento ao tráfego durante 17 quilómetros da autoestrada de Olímpia, que liga a capital ao Peloponeso.






Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.