Associação que vai gerir futuro Geoparque será criada em breve

Associação que vai gerir futuro Geoparque será criada em breve

 

Lusa / AO online   Regional   25 de Abr de 2010, 13:27

A associação que vai gerir o futuro Geoparque dos Açores será constituída em breve, num processo que culminará com a apresentação de uma candidatura à UNESCO para a criação deste espaço de preservação e valorização do património geológico.

Esta associação, que se deverá denominar GeoAçores e ficar sediada na Horta, Faial, com representações em todas as ilhas do arquipélago, terá a seu cargo a gestão das actividades e iniciativas relacionadas com o Geoparque dos Açores.

A nova instituição será constituída pelo Governo Regional dos Açores, através da Secretaria Regional do Ambiente e do Mar e por quatro associações regionais de desenvolvimento local.

“Entendemos que a associação não deveria ser uma figura meramente institucional, mas que a deveríamos dar aos usufruidores, sendo a melhor opção a integração das associações de desenvolvimento local como fundadores”, afirmou Frederico Cardigos, diretor regional do Ambiente, em declarações à Lusa.

Depois da criação da associação, que será dotada com um corpo mínimo de técnicos que crescerá à medida das necessidades, o próximo passo é a conclusão do processo da candidatura que será apresentada às redes europeia e mundial de geoparques.

“O nosso objetivo é que todo o procedimento para o reconhecimento internacional do Geoparque dos Açores esteja concluído até ao final desta legislatura”, frisou Frederico Cardigos.

“Temos tempo para fazer as coisas bem feitas, não há necessidade de nos precipitarmos”, afirmou, salientando que a candidatura açoriana tem registado “boa recetividade” em todos os locais onde já foi apresentada, como aconteceu recentemente no Congresso Mundial de Geoparques, na Malásia.

Segundo Frederico Cardigos, os Açores estão a trabalhar “não para terem uma candidatura boa, mas uma candidatura excelente”.

O futuro Geoparque dos Açores deverá ter 57 geosítios espalhados pelos nove ilhas, incluindo quatro em áreas marinhas, numa iniciativa que pretende proteger e divulgar a rica geodiversidade vulcânica do arquipélago.

A paisagem dos Açores possui um vasto conjunto de formas, rochas, relevos e estruturas que resultaram das erupções vulcânicas que as originaram e da ação posterior dos agentes da hidrosfera, atmosfera e biosfera.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.