Saúde

Associação Alzheimer Portugal aponta para 90 mil casos no país

Associação Alzheimer Portugal aponta para 90 mil casos no país

 

Lusa/AO online   Nacional   20 de Set de 2010, 18:19

O director-executivo da associação Alzheimer Portugal estima que existam no país cerca de 90 mil doentes com esse tipo de demência e lamenta que os seus cuidadores familiares continuem a substituir-se ao Estado no apoio à doença.
"Segundo números do ano passado, o que se estima é que haja em Portugal 153 mil pessoas com demência e, dessas, 90 mil tenham Alzheimer”, afirma António Costa à agência Lusa a propósito do Dia Mundial da Pessoa com Doença de Alzheimer, que se assinala na terça-feira.

“Mas, ao nível do Estado, não se ouve falar da doença nos discursos oficiais da saúde e continuamos à espera de uma rede de cuidados continuados adequados às demências, que se vai anunciando repetidas vezes, mas não se chega a ver criada”, lamenta.

O responsável alerta que o cenário tem ainda tendência a agravar-se: “Os especialistas alertam para a duplicação do número de doentes até 2040, na Europa Ocidental em geral, e nós perguntamo-nos se, com a não renovação geracional, vamos continuar a ter cuidadores no papel que têm assumido até agora, que é o de substituírem o Estado”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.