Assembleia Geral da ONU debate relatório Goldstone a 4 de Novembro


 

Lusa / AO online   Internacional   29 de Out de 2009, 16:52

A Assembleia Geral da ONU confirmou que debaterá em 04 de Novembro o relatório Goldstone, que acusa Israel e o movimento palestiniano Hamas de crimes de guerra durante a ofensiva na faixa de Gaza no Inverno passado.
O presidente do órgão, o líbio Ali Treki, decidiu convocar a reunião para início de Novembro a pedido dos Estados árabes, que contaram com o apoio das 118 nações do Movimento dos Países Não Alinhados, disse o seu porta-voz, Jean Victor Nkolo, num comunicado.

Adiantou que Treki recebeu uma carta do Conselho de Direitos Humanos da ONU informando-o de que este órgão, com sede em Genebra, aprovou o relatório no dia 16 de Outubro e recomenda à Assembleia Geral que o analise numa reunião formal.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse quarta-feira que decidirá o que fazer em relação ao relatório Goldstone depois de a Assembleia Geral se ter pronunciado.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.